CAMPANHA OUTUBRO ROSA

E NOVEMBRO AZUL 2019

1 min de leitura

Palestra Outubro rosa e Novembro Azul 2019. (Foto: Leandro Sciamana para Grupo Lume)

Novembro Rosa

    O câncer de mama é o mais comum entre as mulheres, respondendo por 28% dos casos novos a cada ano. É o segundo tipo mais frequente no mundo. Se diagnosticado e tratado oportunamente, o prognóstico é relativamente bom.
No Brasil, as taxas de mortalidade por câncer de mama continuam elevadas, muito provavelmente porque a doença ainda é diagnosticada em estádios avançados.
     Relativamente raro antes dos 35 anos, acima desta idade sua incidência cresce progressivamente, principalmente após os 50 anos.

Palestrante Miriam Fernanda

(Foto: Leandro Sciamana para o Grupo lume)

Palestrante

(Foto: Leandro Sciamana para o Grupo lume)

Novembro Azul

   O câncer de próstata é considerado o segundo mais comum na população masculina em todo o mundo. A maioria dos cânceres de próstata é diagnosticado em homens acima dos 65 anos, e somente menos de 1% é diagnosticado em homens abaixo dos 50 anos. Com o aumento da expectativa de vida mundial, é esperado que o número de casos novos de câncer de próstata aumente cerca de 60%.

Palestra Outubro Rosa e Novembro Azul (Foto: Leandro Sciamana para o Grupo lume)

     Em grande parte dos casos, tanto o câncer de mama quanto o câncer de próstata, se detectados em fases iniciais, possuem grandes chances de tratamento e de cura. E é justamente por isso que o Grupo Lume apoia essas campanhas que buscam alertar sobre a necessidade do diagnóstico precoce e os riscos que a doença pode trazer.

      Além da realização de consultas e exames periódicos a fim de prevenir o câncer, é recomendado também a necessidade da busca por hábitos saudáveis, como praticar atividades físicas, alimentar-se de forma saudável, manter o peso corporal adequado e evitar o consumo de bebidas alcoólicas.

1/1

  REVESTIR 2019  

01 MIN DE LEITURA

Confira a primeira participação do Grupo Lume na Revestir.

  SIPAT 2019    

01 MIN DE LEITURA

Mais um ano da SIPAT, confira!